segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Capitão América: O Primeiro Vingador

by.Queiroz



Será que é injusto dizer que a melhor atuação de Cris Evans é de seu rosto digitalmente posto no corpo franzino de Steve Rogers? Não mesmo, e foi exatamente o que me comprou no filme. Aquela coragem daquele magricela da qual só faltava a força de um Super Herói. Acho até que o primeiro Homem de Ferro, consegue imprimir um pouco mais de realismo e seriedade, mas no Capitão América isso é desnecessário. Eu antes de ver o filme achei que deveria ser um “Resgate do Soldado Ryan”, com a presença de um super herói, mas depois de assistir, percebi que Capitão América é tão fantasia quanto Thor. E gostei do Capitão América ser designado apenas para essas operações especiais contra a Hidra, pois já caiu no desgaste essa coisa de HQs x História. E no começo o Caveira Vermelha, interpretado pelo sempre bom vilão Hugo Weaving, falando do Cubo de Odin, me lembrou os vilões do Indiana Jones, gostei. Eu também gostei das cenas de ação, principalmente o primeiro confronto do Capitão América com o Caveira Vermelha. E indispensável aquela surrealidade de existir a revista em quadrinho dentro do filme, bem ao estilo do que já tinha sido visto no filme Hellboy, muito bom mesmo. Dos Vingadores, Steve Rogers foi o que teve o romance mais convincente com sua Peggy Carter, interpretada pela linda Hayley Atwell, tendo um bonito desfeixo na trama. Mas, muito embora eu tenha gostado do ritmo acelerado do filme, o Caveira Vermelha e a Hidra mereciam mais uns minutos de filme, e assim como a S.h.i.e.l.d foi nos filmes anteriores, poderia ter sido dado um gancho para ser melhor explorada nas continuações. E já dá uma boa sessão tripla ver Homem de Ferro-I, Thor e Capitão América, antes de assistir aos Vingadores.



VALE DOIS INGRESSOS

Nenhum comentário: